World Association of Newspapers and News Publishers


Washington Post: experimentação e criatividade para elevar a audiência até a lua

World News Publishing Focus

World News Publishing Focus
Your Guide to the Changing Media Landscape

Washington Post: experimentação e criatividade para elevar a audiência até a lua

Uma jovem de cabelo verde roubou a cena no último dia do Digital Media LATAM 2019. Aos 31 anos, Everdeen Mason, Editora-Sênior de Audiência do Washington Post, deu um show de bom humor e uma aula de criatividade no palco do Grand Ballroom.  Não à toa, ela se definiu como uma encrenqueira (toublemaker, em livre tradução) no resumo enviado à organização do congresso. Ao fim da palestra sobre o processo de experimentação editorial do WP, a americana quebrou o protocolo e pediu para tirar uma selfie descontraída com o moderador Rosental Alves. Everdeen fez careta, lembrando a célebre e genial foto de Einstein com a língua de fora. Questionada por Rosental se não houve resistência por parte da equipe ao implementar uma nova cultura jornalística, ela não titubeou:

"Se não quisessem mudança não teriam contratado uma pessoa com o meu look", brincou Everdeen, dona de um estilo camaleônico. Ela  também escreve uma coluna mensal sobre ficção científica e livros de fantasia. Talvez venha daí a inspiração dela e de sua equipe para implementar o projeto “How to dress for space”, reunindo especialistas em tecnologia de ponta, design gráfico, moda e jornalismo. Nele, foram desenvolvidas imagens digitais das roupas de astronautas do Apollo 11. O projeto foi tão bem sucedido que originou uma exposição no planetário de Chicago com uma tecnologia de realidade aumentada. “Foi uma ideia que surgiu na redação e foi compartilhada por milhares de pessoas”, contou Everdeen.

Segundo ela, a redação teve que se reinventar com estratégias precisas e profundamente estudadas no âmbito das mídias digitais para garantir que a informação chegasse de forma eficiente na audiência.  Everdeen explicou que não adianta alocar o produto jornalístico em todas as plataformas que existem sem ter uma estratégia eficaz por trás desse processo. Pensando nisso, o WP reuniu uma equipe para desenvolver e organizar todas as etapas dos projetos de jornalismo da empresa.  

Processo de criativo leva entre três e quatro meses

O processo é o seguinte: durante três ou quatro meses a equipe se reúne com os jornalistas nas redações e avalia detalhadamente as ideias de possíveis produtos ou de projetos que já estão em andamento. Cada ideia passa por testes criteriosos para saber se realmente merecem ter um espaço nos canais da empresa. “Será que o leitor realmente quer saber sobre essa história? Como podemos contar isso? De que forma as editorias se encaixam na ideia?” são algumas das perguntas que Everdeen cita ao relatar a rotina da equipe. A formação de uma boa hipótese nessa primeira etapa é uma das maiores preocupações do grupo.

 Cada produto construído têm o seu público específico, a plataforma mais adequada e o meio de comunicar apropriado para ser recebido com sucesso pela audiência. Após a decisão das pautas, a equipe começa a pensar qual é a melhor estratégia de veicular o conteúdo para que ele obtenha o máximo êxito. Segundo Everdeen, o jornal dispõe de profissionais de diversas áreas e também faz parceiras com empresas externas, dependendo da demanda de cada produto.  

Outro projeto desenvolvido pelo WP que obteve sucesso foi a cobertura jornalística sobre a epidemia de opióides nos EUA. O assunto já estava sendo repercutido em grande escala pela mídia, porém sem uma cobertura profunda e investigativa. Então, o jornal desenvolveu um planejamento especial que prendesse a atenção do público durante um tempo prolongado. Segundo Everdeen, nesse processo a equipe “escreve, edita, acrescenta algo visual, coloca no Twitter, avalia quem está interessado, se preocupa com a concorrência, e estuda se é preciso ou não colocar imagens e vídeos”. Tudo isso para garantir que a audiência persista em um período prolongado de tempo e não canse de se informar sobre aquele assunto. 

 

Texto: Luísa Mattos 

#Colabora realiza a cobertura dos painéis e conferências do Digital Media LATAM 2019

Author

Florencia González Guerra García's picture

Florencia González Guerra García

Date

2019-11-13 22:08

Author information


Este el blog de WAN-IFRA LATAM, la filial latinoamericana de WAN-IFRA.

Aquí encontrarás nuestras últimos artículos, entrevistas, resúmenes y coberturas de nuestros eventos. 

Para más información sobre WAN-IFRA LATAM, síganos en TwitterFacebook e Instagram o visite www.wan-ifra.org/LATAM


Este é o blog da WAN-IFRA LATAM, a subsidiária da WAN-IFRA na América Latina.

Aqui você vai encontrar os nossos mais recentes artigos, entrevistas, relatórios, resumos e cobertura dos nossos eventos.

Para mais informações sobre WAN-IFRA LATAM, visitar www.wan-ifra.org/LATAM ou siga-nos no Twitter, Facebook e Instagram.


This is the blog of WAN-IFRA LATAM, WAN-IFRA's subsidiary in Latin America.

Here you'll find our latest articles, interviews, reports, summaries and coverage of our events.

For more information about WAN-IFRA LATAM visit www.wan-ifra.org/LATAM, or follow us on Twitter, Facebook and Instagram.


© 2019 WAN-IFRA - World Association of News Publishers

Footer Navigation