World Association of Newspapers and News Publishers


Diretor diz que sucesso do Mediapart mostra que público dá valor a jornalismo independente e de qualidade

World News Publishing Focus

World News Publishing Focus
Your Guide to the Changing Media Landscape

Diretor diz que sucesso do Mediapart mostra que público dá valor a jornalismo independente e de qualidade

Fundador e um dos editores do jornal digital francês Mediapart, François Bonnet garantiu que o sucesso comercial do veículo - com um aumento de receita anual de assinatura de 17 milhões de euros - está diretamente ligado ao conteúdo editorial.”O Mediapart surgiu pela necessidade de independência completa para produzir jornalismo de qualidade e combativo”, afirmou Bonnet na conferência “Jornalismo Combativo como oferta de valor”, realizada no primeiro dia do Digital Media LATAM 2019, organizado pela Organização Mundial de Jornais (WAN-Ifra), no Rio de Janeiro.

Leia Mais: #DML19, Rio de Janeiro


 

"Apenas nossos leitores podem nos comprar. Essa é a base por trás de tudo: a independência da mídia, que é essencial para a base de leitores especialmente na França. E quando os leitores pagam as assinaturas, constroem junto com jornalistas essa independência", contou Bonnet. Isso fica claro com a postura tomada pelo jornal: "Em primeiro lugar, zero publicidade, que é um argumento comercial eficiente. Segundo, nenhum subsídio governamental ou privado. E o custo da assinatura sai por apenas 11 euros por mês, ou 110 por ano. Para os aposentados, desempregados, esse preço cai para 5 euros por mês", disse.

Com esse projeto, o jornal conseguiu uma retenção de 170 mil assinantes, além de um crescimento anual na receita de quase 17 milhões de euros. Apesar disso, Bonnet afirma que no início do Mediapart, o investimento não gerou retorno significativo; pelo contrário, nos primeiros anos, a plataforma perdeu um total de 4,5 milhões de euros. Mas, ao longo dos últimos 9 anos, o site conseguiu se estabilizar economicamente, alcançando um retorno líquido de 2,5 milhões de euros. Com isso, ressalta o diretor editorial do Mediapart, houve um crescimento na equipe, que aumentou de 30 pessoas para cerca de 90 - metade  composta por jornalistas. 

"Não temos furos ou grandes histórias todos os dias porque isso é impossível, mas a prioridade da nossa redação é tentar produzir  sempre uma proposta editorial diferente. No Mediapart, tentamos produzir uma oferta diferenciada, com principal foco no jornalismo investigativo e nos leitores", contou Bonnet, acrescentando que o êxito do jornal se deu ao transformar o modelo dele em uma fundação, com inspiração no jornal britânico The Guardian mas adaptado para as leis francesas. 

Mal pagos e mal treinados

Outro fator que contribuiu para o sucesso do Mediapart se dá pela produção de conteúdos multimídia para a internet. O site produz 20 horas de vídeos cada mês, além de um talk show transmitido via streaming. Conta também com programas de entrevistas e parceria com produtores audiovisuais: uma vez por semana é oferecido um documentário diferente aos nossos assinantes. Segundo ele, isso gera uma oportunidade de alcançar leitores e assinantes em potencial.

Mas Bonnet conta que o que tende a ser um verdadeiro sucesso é a produção de podcasts, iniciada há pouco mais de um mês. "A obrigação com quem faz jornalismo é criar um canal de diálogo com os leitores", sinaliza. E acrescenta: "Somos um laboratório tentando criar um novo jornalismo. É um modelo impossível? Há cinco anos eu concordaria, hoje não. Acredito que em cada lugar há leitores dispostos a consumir notícias, caso haja garantia do acesso a jornalismo independente e de alta qualidade”, afirmou.

O diretor editorial do Midiapart criticou duramente os veículos tradicionais de comunicação da França. "Nas redações dos veículos tradicionais, os jornalistas são mal pagos, mal treinados e não tem para apurar e investigar boas histórias. É por isso que faltam leitores", afirmou François Bonnet. 

 

Texto: Igor Meireles / Fotos: Adriana Lorete

#Colabora realiza a cobertura dos painéis e conferências de Digital Media LATAM 

Author

Florencia González Guerra García's picture

Florencia González Guerra García

Date

2019-11-11 22:31

Author information


Este el blog de WAN-IFRA LATAM, la filial latinoamericana de WAN-IFRA.

Aquí encontrarás nuestras últimos artículos, entrevistas, resúmenes y coberturas de nuestros eventos. 

Para más información sobre WAN-IFRA LATAM, síganos en TwitterFacebook e Instagram o visite www.wan-ifra.org/LATAM


Este é o blog da WAN-IFRA LATAM, a subsidiária da WAN-IFRA na América Latina.

Aqui você vai encontrar os nossos mais recentes artigos, entrevistas, relatórios, resumos e cobertura dos nossos eventos.

Para mais informações sobre WAN-IFRA LATAM, visitar www.wan-ifra.org/LATAM ou siga-nos no Twitter, Facebook e Instagram.


This is the blog of WAN-IFRA LATAM, WAN-IFRA's subsidiary in Latin America.

Here you'll find our latest articles, interviews, reports, summaries and coverage of our events.

For more information about WAN-IFRA LATAM visit www.wan-ifra.org/LATAM, or follow us on Twitter, Facebook and Instagram.


© 2019 WAN-IFRA - World Association of News Publishers

Footer Navigation